Travel Shopper

Detalhes do projeto

O Travel Shopper era um marketplace voltado para o mercado de viagens de lazer. O objetivo do projeto era oferecer aos viajantes o melhor de dois mundos: a facilidade de compras da internet, com a segurança de uma Agência de Viagens local.

O portal disponibilizava pacotes de viagens e produtos de várias Operadoras conveniadas, oferecendo assim, uma variedade de produtos e destinos para que o cliente escolhesse melhor de acordo com suas necessidades e orçamento.

O que diferenciava o Travel Shopper das chamadas OTAs (Online Travel Agencies) era a assistência que o cliente receberia em caso de qualquer necessidade antes, durante ou após a sua viagem.

No processo de compra eram oferecidos diversos pacotes e produtos de diversas Operadoras de Turismo já consolidadas no mercado. Ao concluir a solicitação o cliente escolhia uma Agência de Viagem local, que ficava responsável por oferecer toda a assistência necessária. No momento que ocorre um problema, quando mais precisamos de uma assistência, o cliente tinha um Agente de Viagens para atendê-lo. Não precisava falar com uma máquina ou um call-center que apenas lhe darias respostas automáticas.

 

Web Summit 2015

A empresa foi criada em julho de 2015, e alguns meses depois teve a seleção confirmada para participar do Web Summit, um dos maiores eventos de tecnologia do mundo e também um dos mais influentes. Naquele ano o evento aconteceu em Dublin, na Irlanda, reunindo empresas como Google, Facebook e Microsoft, e trinta mil participantes de mais de cem países. Menos de 10% das startups que se candidatam são selecionadas. A TravelShopper participou na categoria ALPHA, voltada para ideias em estágio inicial.

A participação da empresa no evento teve destaque na mídia especializada em turismo:

A startup também foi selecionada para o programa de parcerias BizSpark da Microsoft, que apoia empresas em estágio inicial com grande potencial de crescimento oferecendo ferramentas e serviços de nuvem do Azure sem custo.